Notícias Fecomercio

17 de maio de 2019

Geração de empregos enfraquece no Estado; análise criteriosa da situação financeira é importante para empresa driblar volatilidade


PESP mostra que, em março, os setores de comércio e serviços perderam 3 mil vagas

Os números da Pesquisa de Emprego no Estado de São Paulo (PESP) de março ressaltam que agora é momento de os empresários se empenharem em uma análise ainda mais criteriosa nas projeções de suas receitas de vendas, uma vez que isso baliza tanto a busca por clientes quanto a eficiência nas gestões de preços, fornecedores, caixa, endividamento e estoques. Além disso, os indicadores da economia e de emprego sugerem que é necessário olhar para 2019 – no que se refere ao ambiente para negócios – com realismo e cautela, em decorrência dos momentos de incertezas e volatilidade.

Após criação de mais de 53 mil vagas de trabalho celetistas em fevereiro, os setores de comércio e serviços perderam 3 mil vagas em março. O pior resultado foi apurado no varejo paulista, com corte de 8.433 vagas. O comércio atacadista perdeu 978 postos de trabalho. O setor de serviços, que havia registrado 50 mil vagas a mais em fevereiro, gerou 6.409 mil vagas em março.

A FecomercioSP avalia que esta é uma fase que necessita de muito cuidado dos empresários. Segundo a Federação, os dados de emprego mais recentes exemplificam a frustração com o enfraquecimento do ritmo de recuperação da nossa economia em 2019; além disso, chegou-se a esperar uma evolução de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) e geração de até 1 milhão de vagas formais no País e, hoje, a expectativa é de que ambos os componentes da economia cresçam apenas metade disso.

A Entidade explica que o Carnaval (no início de março) foi a principal causa dessa distorção da movimentação da mão de obra. Isso aconteceu porque as empresas postergaram em um mês a dispensa de contratados para o Natal, tanto que as atividades comerciais que lideraram naquele período – como lojas de vestuário, calçados e supermercados – foram as que mais fecharam vagas agora. Confira a movimentação de cada setor em março. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias

parceiros